Como funciona a sua comunicação?

Como funciona a sua comunicação?

Recentemente durante um curso de constelação familiar que eu estava ministrando, a aluna Marina (nome trocado para resguardar a aluna) pediu para falar e colocou sua dificuldade em se comunicar, principalmente na fala, pois a escrita flui com facilidade para ela.

Quantas partes compõem o processo de comunicação?

1. Entradas e saídas

Nós seres humanos nos comunicamos através de diversos órgãos de percepção. É através desses órgãos que entram e saem as informações, sentimentos e pensamentos. Os órgãos mais conhecidos são os cinco sentidos, são eles: audição, visão, olfato, paladar e tato, entretanto Bert Hellinger através da observação do fenômeno da constelação familiar descobriu mais um órgão de percepção através do qual os seres humanos se relacionam com o mundo exterior, ele à denominou de “a boa consciência”. Podemos então chamar os órgãos de percepção de entradas e saídas.

Para compreendermos como nos comunicamos precisamos estudar sobre nós mesmo e compreender cada uma das partes que compõem o nosso próprio modelo de comunicação, pois somos seres complexos e com peculiaridades específicas.

2. O processador

Depois das entradas e saídas encontramos uma outra estrutura interna chamada processador. O processador é encarregado de:

  1. Receber as informações que as entradas trouxeram para dentro, processar e enviar para a memória
  2. Receber as informações que vem da memória, processá-las e enviar para as saídas adequadas.

3. A memória

Tão logo a informação seja levada pelo processador para a memória, esta começa a arquivar dados em locais específicos. E por outro lado quando há necessidade de encontrar e desarquivar alguma informação a memória é acionada e entra em ação para levar os dados da memória para o processador e serem adequadamente externadas.

 

Estes três ambientes são importantíssimos na composição e funcionamento da comunicação.

Após esta breve explicação para o grupo, eu disse a Marina que alguma destas partes que compõem o modelo de comunicação pode estar afetada, levando-a a vivenciar esta experiência difícil. Através da constelação familiar do modelo de comunicação da Marina, pudemos observar que entradas, saídas, processador e memória não estavam se relacionando adequadamente, haviam desordens entre eles e uma dinâmica oculta em relação ao pai da Marina, que limitava a sua fala.

O que mudou após a Constelação Familiar?

Passados 30 dias, a Marina me escreveu dizendo que sua fala estava mais fácil, ela agora se sente confortável em falar para pequenos e grandes grupos, fez novos amigos e está mais feliz com a relação de casal, com a maternidade e com sigo mesma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *